MP e Prefeitura de Sumé firmam acordo para acompanhamento de instituições de idosos

O Ministério Público da Paraíba e a Prefeitura de Sumé assinaram, na última segunda-feira (12), um termo de cooperação técnica e operacional visando a realização de levantamento sobre a situação das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), no município.

O termo foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, com a interveniência do Núcleo de Políticas Públicas, representado pelo coordenador, o procurador de Justiça Valberto Lira e pelo promotor de Justiça de Sumé, Bruno Lins e pelo prefeito Éden Duarte Pinto de Sousa, com a interveniência da Secretaria Municipal de Assistência Social Tanniery Lêla Araújo de Sousa.

De acordo com o procurador Valberto Lira, será criada uma equipe com integrantes das duas instituições para acompanhamento permanente da população de idosos institucionalizados na Associação de Proteção e Amparo a Velhice de Sumé -Abrigo de Idosos Rosália Paulino.

Anualmente o Comitê Permanente de Monitoramento e Fiscalização das Instituições de Longa Permanência para Idosos realizada visitas aos abrigos no Estado e elaboram relatórios que subsidiam ações das diversas Promotorias onde estão localizadas essas instituições. “Com essa nova cooperação, haverá um acompanhamento permanente dessa população e uma ação efetiva para que os serviços de saúde e assistência, principalmente, cheguem a essa população”, explicou o procurador.

O comitê é coordenado pelo Ministério Público da Paraíba e integrado pelos Conselhos Regionais de Fisioterapia (Crefito-1), Enfermagem (Coren-PB), Farmácia (CRF-PB), Engenharia e Agronomia (Crea-PB), Medicina (CRM-PB), Nutrição (CRN6-6), Psicologia (CRP-13),Corpo de Bombeiros Militar Conselho Estadual da Assistência Sociai (CEAS), Conselho Estadual da Pessoa Idosa (CEDPI) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (SEDH).