“Prevenir é Proteger”: Promotoria fiscaliza estabelecimentos comerciais de Lagoa Seca

A promotora de Justiça Liana Espínola Pereira de Carvalho, da Promotoria de Família e Sucessões de Campina Grande, inspecionou, na última quinta-feira (5), estabelecimentos comerciais e visitou vários órgãos públicos do município de Lagoa Seca para reforçar a campanha de divulgação do projeto "Prevenir é Proteger", que tem como objetivo foi verificar e estimular o cumprimento da Lei 13.106/2015, que criminaliza a venda ou a entrega de bebida alcoólica a pessoas menores de 18 anos de idade.

Acompanhada da secretária de Assistência Social de Lagoa Seca, Cristiane Cavalcante Costa, a promotora Liana Espínola Pereira de Carvalho fiscalizou os bares, restaurantes e similares do município, alertando seus proprietários e responsáveis sobre a importância da divulgação do projeto, por meio de material impresso distribuídos pelo MPPB.

A promotora Liana Espínola também fez recomendações à Secretaria de Assistência Social de Lagoa Seca para uma maior utilização das redes sociais para divulgação do projeto, já que a cidade não dispõe de serviço de radiodifusão, além de aumentar a distribuição de cartazes com os estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas, inclusive, mercadinhos e mercearias.

Além da Promotoria da Família e Sucessões, também estão envolvidas neste projeto as Promotorias da Educação e da Infância do MPPB. O projeto "Prevenir é Proteger" é uma iniciativa do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e vem sendo posto em prática em várias regiões do estado, face a incidência cada vez mais acentuada de consumo de bebidas alcoólicas de crianças e adolescentes.