'Projeto Refletir': grupo reflexivo é implementado em Campina Grande

A Promotoria de Defesa dos Direitos da Mulher de Campina Grande está implementando o 'Projeto Refletir', que visa fortalecer a prevenção aos crimes de violência doméstica e familiar contra as mulheres. O projeto está sendo executado pela promotora de Justiça Jamille Lemos Henriques Cavalcanti e foi idealizado pelo CAO da Cidadania e Direitos Fundamentais, coordenado pela promotora de Justiça Elaine Pereira Alencar.

De acordo com a promotora Jamille Lemos, o projeto consiste na formação de grupos reflexivos, compostos por 10 oficinas ou encontros com homens selecionados pela Promotora de Justiça executora. Em Campina Grande estão participando 6 homens que possuem processo da Vara de Violência Doméstica

As atividades estão sendo executadas pelo Núcleo Psicossocial do MPPB em Campina Grande. As oficinas, que tiveram início no dia 21 de setembro, acontecem todas as sextas-feiras, e terão seu encerramento no dia 12 de dezembro.

Durante os encontros são realizados dinâmicas, apresentação de vídeos e discutidas questões de gênero. As facilitadoras das oficinas são a psicóloga Rosângela Ferreira e as assistentes sociais Márcia Caiana, Joseilma Barbosa e Francisca Sarmento.

A promotora afirma ainda que a participação no grupo servirá, a critério do Juiz da vara de violência doméstica, como causa genérica de redução de pena.