Focco-PB vai reunir os dez maiores municípios para discutir “controle interno”

O Fórum Paraibano de Combate à Corrupção – Focco-PB realizou a 8ª reunião ordinária, na manhã desta terça-feira (16). A realização do encontro com os dez maiores municípios paraibanos, no dia 21 de novembro, para discutir o controle interno foi um dos assuntos tratados pelo colegiado. Também foi compartilhado o andamento dos preparativos para a realização do Focco em Movimento, etapa de João Pessoa, e as atividades dos grupos de trabalho (Gts), criados pelo Focco-PB.

A reunião foi conduzida pelo promotor de Justiça do MPPB, Leonardo Quintans, e teve a participação de Letácio Junior (CGE), Cláudio Picolli (Setransp-PMJP), Ênio Norat (TCE-PB), Maria Cristina Soares (CRP-13), Carla Jeane Mendonça (CRP-13), Gabriel Aragão Wright (CGU), Hamilton Guedes (RFB), Luciano Andrade Farias (MPC-PB), Aderaldo Tiburtino (TCU) e Roseane da Cunha (Funasa).

O GT de Controle Interno informou sobre a realização do encontro, em novembro, que deve reunir gestores de João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Patos, Bayeux, Sousa, Cabedelo, Cajazeiras, Guarabira e Sapé. Nove desses municípios, com exceção de Guarabira, declararam que já possuíam órgãos de controle interno. Nesse encontro, esse diagnóstico será fechado (até porque o colegiado entende que o fato de ter a estrutura não significa necessariamente que ela esteja funcionando). A intenção é que os gestores firmem o compromisso de colocar em prática um plano de gestão com metas e resultados. Em outro momento, o Focco vai trabalhar os municípios menores.

O Focco-PB ainda mantém os GTs de Obras Públicas, Integridade Empresarial e Precatórios do Fundef. Os representantes dos grupos de trabalho informaram as atividades em andamento e os próximos passos a serem dados pelo Focco.

Sobre o evento 'Focco em Movimento' os integrantes decidiram aguardar a reunião com os gestores da Educação do Estado e Município para fechar o formato, o público e o calendário da audiência pública e do Concurso de Redação.