Amapá HackFest acontece entre os dias 7 e 9 com a parceria do MPPB

O Ministério Público do Amapá (AM-AP) vai realizar, nos próximos dias 7 e 9 de dezembro, o Amapá HackFest, uma maratona de tecnologia para desenvolver soluções de combate à corrupção. O evento conta com a parceria do Núcleo de Gestão do Conhecimento e Segurança Institucional do Ministério Público da Paraíba (NGCSI/MPPB), que realizou, este ano, a quarta edição da maratona, em João Pessoa.

O NGCSI vai participar do evento no Amapá, oferecendo aos organizadores toda a experiência e estrutura adquirida no HackFest-PB. A ideia tem se multiplicado entre os MPs de outros Estados. No último mês de outubro, foi a vez do MP do Amazonas realizar sua primeira maratona, com o nome de Amazon HackFest, também com o apoio do MPPB.

O HackFest é um movimento que usa a tecnologia para combater a corrupção, que retira direitos humanos e é uma das principais causas da pobreza e miséria social. O evento conta com o apoio e mobilização da sociedade, especialmente, de profissionais e estudantes de diversas áreas correlatas à gestão pública, tecnologia da informação, contabilidade, administração, direito, comunicação e outros.

O objetivo é incentivar a produção de soluções avançadas, como aplicativos ou jogos, que possam ser usados na promoção, controle e conscientização social, quanto aos gastos públicos. Nos mesmos moldes do HackFest-PB, a maratona do Amapá terá – além das “trilhas de tecnologia” –palestras, oficinas e painéis. Podem participar estudantes, profissionais e membros da sociedade em geral. O evento é gratuito.