Concurso de redação: MP realiza divulgação com gestores escolares de Sapé

O Ministério Público da Paraíba e a Secretaria de Educação de Sapé realizaram, na tarde desta quinta-feira (01/08), o lançamento do 11º Concurso de Desenho e Redação “Faça o que é certo ainda que ninguém veja!” no município. O evento de divulgação foi realizado na Imperial Recepções.

Participaram do evento a promotora de Justiça de Sapé, Paula da Silva Camillo Amorim; o secretário de Educação de Sapé, Kildare André Lima de Freitas; o presidente da Câmara Municipal de Sapé, Luiz Ribeiro Limeira Neto; a equipe da Secretaria; gestores escolares e representantes de alunos.

O concurso de redação está sendo promovido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), Controladoria-Geral da União (CGU) e Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB) com o objetivo de conscientizar estudantes de escolas públicas e privadas sobre a importância dos temas ligados à ética e à cidadania.

Esse foi o primeiro de uma série de eventos de divulgação do concurso preparados pela Promotoria de Sapé e pela Secretaria de Educação. Na próxima quarta-feira (07/08), o lançamento do concurso será no município de Riachão do Poço. Na quinta-feira (08/08), ocorrerá a divulgação na Escola Municipal Cassiano Ribeiro Coutinho. Já na sexta-feira (09/08), será realizado o lançamento em Sobrado. O calendário continua no período de 12 a 14 de agosto, com divulgação nas escolas de Sapé e reunião com alunos em Sobrado e Riachão do Poço.

 

Concurso

As inscrições para o concurso devem ser feitas pelas escolas (públicas e privadas) até 23 de agosto, pelo endereço eletrônico https://concursos.cgu.gov.br/. O concurso é destinado a alunos dos ensinos fundamental e médio, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os estudantes matriculados do 1º ao 5º ano do ensino fundamental deverão concorrer através de desenhos. Já os estudantes do 6º ano do fundamental ao 3º do médio e os de Educação de Jovens e Adultos (EJA) deverão escrever redações.

A etapa estadual vai premiar 13 vencedores (um de cada ano), elencados em categorias. Na etapa nacional, há mais uma categoria: Escola-Cidadã, que vai premiar o melhor trabalho do tipo “Plano de Mobilização”. Os participantes paraibanos inscritos na etapa nacional estarão automaticamente inscritos na etapa estadual.

Os ganhadores do ensino fundamental receberão tablets. Já os vencedores do ensino médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) serão premiados com um curso de português do Centro Zarinha, parceiro do evento. A premiação da etapa estadual deverá ser feita até fevereiro do próximo ano.