Nupar realiza esforço concentrado em Cabedelo

O Núcleo de Promoção de Paternidade Nome Legal (Nupar) promoveu, na última terça-feira (14), mais um esforço concentrado. Desta vez, o trabalho aconteceu em Cabedelo, na Grande João Pessoa, onde foram realizados 30 atendimentos, com um reconhecimento espontâneo de paternidade.

O trabalho foi coordenado pelos promotores de Justiça Cristiana Ferreira Moreira Cabral de Vasconcelos e Guilherme Barros Soares e teve a participação da equipe do Centro de Apoio Operacional às Promotorias Cíveis e da Família, que tem à frene a promotora de Justiça Elaine Cristina Pereira Alencar.

Nos últimos seis anos, o Ministério Público da Paraíba tem trabalhado para combater o sub-registro de paternidade em todo o Estado. De 2011 a setembro deste ano, foram promovidos 4.293 reconhecimentos voluntários de paternidade, com 2.862 exames de D-N-A gratuitos.

Apenas em 2017, entre os meses de janeiro e setembro, o Nupar viabilizou o reconhecimento de paternidade de 772 crianças e adolescentes. Nesse mesmo período, foram realizados 259 exames de DNA gratuitos, graças à parceria entre o MPPB e o Hemocentro. As certidões averbadas também são entregues gratuitamente.