MPPB fiscaliza serviços de atendimento à criança e ao adolescente, em Sumé, Congo e Amparo

Serviços de atendimento à criança e ao adolescente em áreas sociais, assistenciais, saúde e educação dos municípios de Sumé, Congo e Amparo, no Sertão da Paraíba, foram fiscalizados pelo Ministério Público do Estado da Paraíba, no início deste mês.

As inspeções foram realizadas pela equipe multiprofissional do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa da Educação e da Criança e do Adolescente a pedido do promotor de Justiça Bruno Leonardo Lins. A equipe é formada pela técnica jurídica Maricélia Silva, pela pedagoga Idabélia Cabral, pela psicóloga Maria Aparecida Wanderley e pela técnica ministerial Marlene Brandstteter.

O trabalho tem como objetivo a elaboração de um diagnóstico sobre a situação da infância nessas cidades. Na ocasião, foram entrevistados gestores, conselheiros tutelares, conselheiros municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente, profissionais dos Centros Especializados em Assistência Social (Cras/Creas), do Programa 'Bolsa Família' e das Secretarias Municipais de Educação, Assistência Social e da Saúde sobre a estrutura e o funcionamento dos serviços existentes.

A equipe do Centro de Apoio vai elaborar o diagnóstico sobre a situação da infância nos três municípios e encaminhá-lo à promotoria local com sugestões de atividades para corrigir as irregularidades encontradas.