MPPB e MPF acompanham ações de rastreio de tuberculose e HIV no presídio Sílvio Porto, na Capital

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) e o Ministério Público Federal (MPF) realizaram, nesta quinta-feira (19/12), uma visita ao presídio Sílvio Porto, em Mangabeira para acompanhar as ações da “Campanha de Rastreio de Tuberculose/HIV”, promovida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap).

Participaram a promotora de Justiça da Saúde de João Pessoa, Jovana Tabosa; o promotor de Justiça da Tutela Coletiva do Sistema Prisional e Direitos Humanos, Ricardo José de Medeiros e Silva; e o procurador da República, José Guilherme Ferraz.

A campanha teve início na última terça-feira, no presídio do Róger, e também foi realizada, na quarta-feira (18/12), no presídio feminino Júlia Maranhão. Nessas unidades prisionais foram feitos a coleta de Baciloscopia (escarro); Teste Rápido de HIV; atendimento odontológico; distribuição de preservativos masculinos e femininos e gel. O trabalho foi realizado por equipes de saúde das unidades prisionais; equipes da Seap; coordenação de saúde do Sistema Prisional da SES; o Núcleo de Doenças Endêmicas e a equipe do Projeto “Prisões Livres de Tuberculose”.

A promotora Jovana Tabosa destacou a importância da campanha, ressaltando que o HIV e a tuberculose são coinfecções. “Em locais como esse, que é o presídio, o próprio confinamento em relação à tuberculose, acaba sendo uma forma de proliferação. Queremos que essa ação da Secretaria de Saúde não ocorra só neste mês, mas tenha uma continuidade”.

Ainda segundo a promotora, a campanha da Secretaria de Saúde tem como base um programa do Ministério da Saúde “Prisões livres da tuberculose”. Ela destacou ainda que a ação não deve para apenas na detecção da doença mas também no tratamento e cura. “Em relação à tuberculose, muitas vezes o usuário do SUS faz o tratamento e, com 30 dias, tem uma melhora e abandona. Com isso a bactéria fica resistente, sendo necessário um tratamento mais prolongado e mais difícil”, disse a promotora.

O promotor Ricardo José de Medeiros ressaltou a união de esforços do MPPB e do MPF na campanha Paraíba livre da tuberculose. “São esforços que estão sendo somados. Vamos agregar valor a esse esforços dos Ministérios Públicos para levarmos adiante, ou seja, sair da capital e levar essa campanha para o resto do estado. É um trabalho bem pensado que está sendo feito pelos atores dentro sistema prisional do estado”, comentou.

Para o procurador da República José Guilherme Ferraz, a intenção do MPF de unir esforços com MP do Estado é garantir que o atendimento à saúde da população carcerária seja aperfeiçoado. “Neste momento estamos investindo, especificamente, em algumas doenças que estão nos causando maior preocupação, principalmente a tuberculose. Estamos seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde de priorizar o rastreio de novos casos e tratamento da população carcerária que é vulnerável neste ponto. Hoje tivemos uma excepcional acolhida Promotoria da Tutela Coletiva, que se dispôs a integrar dentro do seu trabalho regular de supervisão do sistema prisional o incremento desse trabalho especifico”, disse.

 

Áreas

Além das ações de rastreio da tuberculose e HIV, os membros do MP visitaram outras áreas do presídio, como a cozinha e a Fábrica de Sandálias 'Calçados para Liberdade' e a escola. Foi informado que, na semana passada, 100 apenados se submeteram ao Exame Nacional do Ensino Médio para adultos privados de liberdade (Enem PPL).

 

19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-100.JPG 19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-106.JPG 19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-118.JPG

19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-22.JPG 19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-52.JPG 19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-57.JPG

19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-62.JPG 19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-75.JPG 19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-86.JPG

19-12-2019-Visita-Presidio-Tuberculose-fotos-Ernane-Gomes-93.JPG