Concurso para promotor: Realizada sessão de identificação e divulgação das notas da segunda etapa

Foi realizada, na manhã desta quinta-feira (10/01), a sessão pública de identificação e divulgação das notas da prova escrita discursiva do XV Concurso para Promotor de Justiça Substituto do Ministério Público da Paraíba. O resultado desta etapa será divulgado no Diário Oficial Eletrônico do MPPB desta sexta-feira (11).

A sessão pública ocorreu no auditório da sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em João Pessoa. Participaram o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, e os membros da comissão do concurso, os procuradores de Justiça, José Roseno Neto (presidente) e Kátia Rejane Medeiros Lira Lucena; e os promotores Cristiana Ferreira Moreira Cabral de Vasconcelos, Anne Emanuelle Malheiros, Ana Guarabira de Lima Cabral e Luís Nicomedes. Também participaram funcionários da Fundação Carlos Chagas (FCC) e candidatos.

De acordo com o presidente da comissão, o procurador José Roseno, após a divulgação do resultado será aberto prazo de 48 horas para recurso. No dia 7 de março, será publicado o resultado da prova escrita, após recurso, e convocação para inscrição definitiva, exames de saúde e psicotécnico.

Ainda conforme o procurador José Roseno, a próxima etapa do concurso será a prova oral, em data ainda a ser agendada.

 

Prova escrita

A prova escrita foi realizada nos dias 24 e 25 de novembro. No primeiro dia, a prova consistiu numa denúncia criminal baseada em relatório específico. Já no segundo, a prova consistiu na formulação de respostas fundamentadas a quatro questões discursivas sobre quaisquer das matérias principais do concurso.

O XV Concurso para Promotor de Justiça Substituto do MPPB prevê o preenchimento de 10 vagas na instituição, sendo duas delas destinadas a candidatos negros e uma a candidato com deficiência.

O certame consiste em cinco etapas. A primeira foi realizada no dia 9 de setembro. Após esta segunda etapa, serão realizadas a prova oral, prova de tribuna e curso de formação com 60 horas/aula, que deve durar cerca de um mês. Os candidatos também serão submetidos a teste psicotécnico. Os aprovados em todas as fases deverão ser convocados a partir de 2019.