Corregedoria-Geral realiza correição em seis Promotorias de Justiça

A Corregedoria-Geral do Ministério Público da Paraíba (CGMP), em continuidade ao calendário oficial, está realizando esta semana correições ordinárias nas Promotorias de Justiça de Rio Tinto, Juazeirinho, Boqueirão, Santa Luzia, Soledade e São Bento.

A reunião inaugural foi realizada na tarde dessa segunda-feira (02/08) com a participação do corregedor-geral, Alavaro Gadelha; dos promotores corregedores Rodrigo Pires e Clístenes Holanda; e dos promotores Dmitri Nóbrega Amorim (Juazeirinho), Edmilson Campos Leite Filho (Soledade), José Raldeck (Rio Tinto), José Carlos Patrício (Santa Luzia), Ernani Lucas Menezes (Boqueirão) e Carlos Davi Lopes Correia Lima (São Bento).

O corregedor-geral iniciou a reunião ressaltando que o órgão correicional adotou um padrão de conversar com o promotor para uma maior aproximação. "A correição não é para procurar erros, mas para mostrar o cunho orientador da Corregedoria. Temos promotores que dignificam nossa instituição e cabe a nós aplaudir. Com certeza, teremos uma semana de trabalho profícua", complementou.

O promotor Rodrigo Pires explicou a metodologia adotada na correição que consiste na análise dos dados por meio dos sistemas MPVirtual, PJe e Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU) e numa entrevista que é feita pelo corregedor-geral acompanhado de um relator. Ele explicou ainda que a avaliação e o conceito dados ao final da correição são estabelecidos de forma colegiada pelos integrantes da CGMP.

O promotor Clístenes Holanda reforçou a explicação sobre a metodologia utilizada na correição e destacou que o órgão observa os bons exemplos.

Todos os promotores de Justiça se colocaram à disposição da Corregedoria-Geral para fazerem os esclarecimentos e darem as informações necessárias e receberem as orientações pertinentes.