Integrantes do Cira participam de curso de pós-graduação sobre Operações Tributárias

Integrantes do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e demais instituições que compõem o Comitê Institucional de Recuperação de Ativos (Cira) estão participando do curso de pós-graduação em “Operações Tributárias”. A especialização é fruto de um convênio celebrado entre o MPPB e o Ministério da Justiça (MJ) e está sendo ministrada pelo Centro Universitário Brasileiro (Unibra).
Segundo a promotora de Justiça dos Crimes contra a Ordem Tributária, Renata Luz, a pós-graduação tem como objetivo especializar o MPPB e demais agentes das instituições que integram o Cira e trabalham em conjunto no combate aos crimes de sonegação fiscal.
Também visa capacitar os participantes a entender os mecanismos de repressão eficiente e proporcionar o aperfeiçoamento em técnicas e conhecimentos em operações tributárias, com foco em ações na coleta e busca da informação, seu tratamento, organização, cadeia de custódia e processamento, visando ao aprimoramento de todo o ciclo da informação.
Quarenta profissionais - entre eles cinco promotores de Justiça e 11 servidores do MPPB; auditores fiscais; procuradores do Estado e delegados da Polícia Civil - participam do curso, que terá carga horária de 360 horas/aula e duração de 18 meses.
A especialização é dividida em 12 módulos. O primeiro foi iniciado no último final de semana (2 e 3/05), através da educação a distância (EaD), em virtude do isolamento social, medida restritiva adotada desde março no Estado da Paraíba por ser a mais eficiente para conter o contágio do novo coronavírus (covid-19), evitando com isso, o colapso nos serviços de saúde.
O conteúdo programático do curso contempla assuntos como crime organizado, lavagem de dinheiro, crimes contra a ordem tributária, planejamento operacional, forense computacional, criminologia e análise de risco, por exemplo.