Promotoria recomenda medidas de enfrentamento ao coronavírus aos municípios de São Bento e Paulista

A Promotoria de Justiça de São Bento realizou reuniões com autoridades dos municípios de Paulista e São Bento e expediu recomendações com medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, entre elas a suspensão das aulas da rede municipal e da aglomeração de pessoas em eventos públicos administrativos. As recomendações foram expedidas pelo promotor de Justiça Osvaldo Lopes Barbosa.

O promotor recomendou ainda que as prefeituras incentivem a população e conscientizem para o uso de máscara, higiene pessoal, e realização de quarentena daqueles trabalhadores que cheguem na cidade neste período específico, sendo realizada uma fiscalização mais efetiva pela equipe de secretaria de mobilidade urbana

Também ficou estabelecido que bares, casas de show, shopping das redes, feira semanal, ficarão com as ações suspensas, para aglomerações superiores a 100 pessoas, impreterivelmente, por 15 dias, até ulterior deliberação. Devem ser suspensos ainda todos os eventos sujeitos a autorização pelo Órgão Ministerial e Polícia Militar, ficando qualquer evento festivo, com aglomerações superiores a 100 pessoas, proibido.

O promotor Osvaldo Lopes determinou ainda que o Procon Municipal fiscalize as farmácias e supermercados, para coibir a prática de abuso de poder econômico, comunicando ao Ministério Público em caso de situação peculiar, encaminhando para delegacia de polícia para a devida providência.