MPPB participa de seminário promovido pelo Conselho de Secretarias Municipais de Educação

O coordenador do Núcleo de Políticas Públicas do Ministério Público da Paraíba, procurador Valberto Lira, participou do seminário 'Enfrentamento da Sífilis Congênita, Arboviroses e o fortalecimento da cobertura Vacinal', promovido pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB), que ocorreu nessa quinta-feira (18), na sede do Conselho Regional de Odontologia (CRO).

O evento teve ainda a participação de gestores municipais de saúde, coordenadores de Atenção Básica e coordenadores de Vigilância em Saúde e palestrantes de várias partes do Brasil, e representante da Secretaria de Vigilância em Saúde e Departamento de Atenção Básica (DAB) do Ministério da Saúde, Ministério Público Federal, Secretaria de Estado da Saúde, Conselho Estadual de Saúde, Conselho Regional de Enfermagem (Coren), Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), Projeto Sífilis Não.

O procurador Valberto Lira destacou que eventos como estes contribuem para o aperfeiçoamento dos gestores. De acordo com ele, o MP e o Cosems mantêm uma parceria antiga e atualmente estão envolvidos na luta para a efetivação da política de saúde nos presídios. “O Cosems é o primeiro parceiro para a efetivação da política de saúde nos presídios, conforme está previsto através de decreto”, disse.

A presidente do Cosems-PB, Soraya Galdino, explicou que as temáticas escolhidas foram baseadas nos relatos da maioria dos gestores municipais de saúde, que relatam os problemas e as dificuldades em enfrentá-los. “O cenário preocupa e por isso precisamos falar sobre a importância da vacinação evitar o retrocesso, já que ultimamente algumas doenças que estavam erradicas estão voltando, da mesma forma a sífilis congênita, que registrou alta em alguns locais do Estado e por fim, as arboviroses, que tem como vetor o mosquito e causa um estrago grande. Então é preciso discutir ações de enfrentamento e encontrar soluções, precisamos estar em vigília e alertas”, disse.

O procurador da República José Guilherme elogiou a iniciativa do conselho na realização do evento encaminhou uma reunião com representastes do Ministério da Saúde e as presidências do Coren, CRM e Cosems para pactuar a obrigatoriedade da aplicação da benzetacil nas unidades básicas de saúde.

Presente ao evento, a secretária de Saúde do Estado, Cláudia Veras, parabenizou o conselho pela iniciativa como forma de fortalecer o diálogo entre as gestões com os municípios. “A articulação daquilo que observamos dentro das ações da Vigilância em Saúde no aspecto de notificação sempre foi um desafio para a gestão pública porque as áreas não podem andar separadamente. A realização deste fortalece o diálogo e estimula a consolidação dos avanços em saúde no Estado da Paraíba”.

Pela manhã, o evento teve início com uma mesa-redonda sobre a sífilis, com a participação dos palestrantes serão Alessandro Chagas (Conasems), Joana Angélica de Araújo Ramalho (SES-PB), Gerson Fernando Mendes Pereira (SVS-MS), Erica Almeida (DAB-MS) e Ângela Amorim (Coren-PB).

No período da tarde, mais duas mesas redondas foram realizadas, uma sobre o enfrentamento às Arboviroses no Estado com Alessandro Chagas do Projeto Aedes na Mira (Conasems), Luiz Francisco de Almeida (SES-PB), Wanessa Tenório G. H. de Oliveira (SVS-MS) e Erica Almeida (DAB-MS) e outra sobre o Fortalecimento da Política de Imunização na Paraíba com Alessandro Chagas (Conasems), Isiane Queiroga (SES-PB), Líbia Roberta de Oliveira Sousa (SVS-MS), Erica Almeida (DAB-MS) e Glauber Galiza (Coren-PB). O evento foi encerrado posteriormente após ricas discussões e a solicitação dos participantes para a realização de mais eventos em virtude do sucesso registrado.

 

Com Ascom/Cosems