Projeto “Saúde no Lugar Certo” é implementado em Itabaiana

O Município de Itabaiana agora conta com atendimento reestruturado nas instituições e unidades públicas de saúde local. Isso ocorre devido à implementação do projeto “Saúde no Lugar Certo” pela Promotoria de Justiça de Itabaiana. A implementação ocorreu em cumprimento a um termo de ajustamento de conduta celebrado com representantes da Secretaria Municipal de Saúde, Hospital Regional e Coordenação do Serviço de Atenção Móvel de Urgência (Samu).

Segundo a promotora de Justiça Miriam Pereira Vasconcelos, o objetivo do projeto é de uma ação conjunta para garantir que o serviço de saúde em Itabaiana seja prestado com maior eficácia e eficiência, através da adoção de um protocolo padrão e da realização correta de triagem dos pacientes.

Pelo que ficou definido no TAC, o Hospital Regional de Itabaiana realiza a triagem dos pacientes que são encaminhados por meio de protocolo padrão de preenchimento da ficha de referência, com indicação do local de residência do paciente.

Quando o caso apresentado pelo paciente se enquadra na classificação azul ou verde, o hospital entra em contato com a Unidade Básica de Saúde da localidade de residência do paciente e fará a contrarreferência com o devido encaminhamento. Em todos os casos, o paciente recebe o encaminhamento e assinará a ficha com a sua comprovação.

Os atendimentos destinados à renovação de receitas médicas deverão ser encaminhados às respectivas unidades básicas de saúde da localidade de residência do paciente. O Hospital Regional de Itabaiana se comprometeu a realizar o atendimento das demandas encaminhadas pelo Samu, no prazo máximo de 30 minutos, possibilitando, assim, a liberação das macas.

A triagem e classificação de risco dos pacientes a serem atendidos pelas unidades de saúde do Município de Itabaiana obedecem a uma tabela estabelecida no projeto. Após a triagem e a classificação de risco, em obediência às determinações da tabela, o profissional responsável realiza, através do preenchimento da ficha de referência e contrarreferência padrão, o encaminhamento do paciente à unidade de saúde adequada ao atendimento das especificidades de seu caso.