Seplag promove reunião de alinhamento estratégico com coordenadores dos CAOs

A Secretaria de Planejamento e Gestão do Ministério Público da Paraíba realizou, na tarde da quarta-feira (04/09), a primeira reunião de alinhamento da Gestão Estratégica com os coordenadores dos Centros de Apoio Operacional Temáticos (CAOs).

Participaram da reunião o secretário de Planejamento e Gestão, Promotor Leonardo Quintans; os Coordenadores dos CAOS, promotores Leonardo Furtado (Patrimônio Público), Juliana Couto (tomará posse no CAO Criança, Adolescente e Educação), Liana Espínola (Cidadania e Direitos Fundamentais, Cíveis e Família), Raniere Dantas (Meio Ambiente, Saúde e Consumidor), Lúcio Mendes (Criminal) e Alley Escorel (coordenador do Cao Criança, Adolescente e Educação); a chefe do Departamento de Projetos, Inez Leite e a servidora da Seplag Isabel Oliveira.

Segundo o secretário de Planejamento e Gestão, o objetivo da reunião foi “apresentar aos novos Coordenadores a metodologia do Planejamento Estratégico, bem como os projetos em andamento. A reunião também foi importante para discutir e planejar os próximas atividades a serem realizadas pela Seplag juntamente com os CAOs.”

Também foi discutido o início do próximo ciclo dos projetos estratégicos. Desde 2018, os projetos estão sendo desenvolvidos por ciclo nas cinco microrregiões do Estado (a ideia é que a cada seis meses, uma região seja afetada pela iniciativa). Até o momento, já foram realizados dois ciclos, tendo o segundo começado em março.

Projetos

IPTU Legal - Visa o aperfeiçoamento da administração tributária, afastando eventual ação negligente dos gestores e dotando esses setores da administração de estruturas técnica, física e de pessoal minimas.

Família que acolhe - Promove o levantamento da situação do acolhimento familiar e fomenta a criação do serviço nos municípios paraibanos, conforme determinação legal, em benefício de crianças e adolescentes.

Formando Vidas - Promove a redução da mortalidade materna e neonatal na Paraíba, a partir do fomento à assistência médica pré-natal às gestantes e aos neonatais, à implementação do instrumental técnico e à realização de exames clínicos necessários.

MP pro Elas - Possibilita a construção do plano municipal e a articulação das redes de atendimento e de proteção à mulher, com o objetivo de criar, por lei, os organismos de política para as mulheres (OPMs): secretarias, coordenadorias ou núcleos.

Reparação - Promove a restauração do protagonismo da vítima no processo penal e uma cultura organizacional de busca pela reparação dos danos provocados pelo crime.