"Desacordo": deflagrada operação contra ilícitos tributários em CG

O Núcleo de Combate à Sonegação Fiscal do Estado da Paraíba deflagrou a Operação Desacordo, no início da manhã desta sexta-feira (3/9), na cidade de Campina Grande. O Ministério Público da Paraíba, por meio da Promotoria de Crimes Contra a Ordem Tributária, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) e a Delegacia Geral da 2ª Superintendência da Polícia Civil estão cumprindo sete mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pela 3ª Vara Criminal da Capital.

O alvo é um grupo de empresas do ramo atacadista, em cujas atividades há indícios de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e quebras de acordos tributários, além de outros ilícitos tributários, como simulação de vendas e saída de mercadorias sem nota fiscal com valores de aproximadamente RS 150 milhões. A operação é resultado de investigações do Núcleo de Combate à Sonegação Fiscal, realizadas nos últimos seis meses. O grupo atacadista é composto por quatro empresas. A ação que está sendo realizada em Campina Grande reúne cerca de 40 agentes públicos.