Sistemas Thoth e Sonda são apresentados em Mostra de Tecnologia do CNMP

Os sistemas Thoth e Sonda, desenvolvidos pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), foram apresentados durante a VI Mostra de Tecnologia do MP, promovida pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), por meio da Comissão de Planejamento Estratégico (CPE), em parceria com o Ministério Público do Estado do Paraná. O evento aconteceu nas últimas quarta e quinta-feira, na sede do MP/PR, em Curitiba. Os dois sistemas têm facilitado a atuação e o trabalho de membros e servidores e norteado decisões da gestão.

As ferramentas foram apresentados pelo chefe do Departamento de Desenvolvimento de Sistemas da Diretoria de Tecnologia da Informação (Ditec), Bruno Coitinho. A mostra contou com 44 soluções de 22 unidades ministeriais de alto impacto nos resultados das atividades desenvolvidas pelo Ministério Público nas áreas estruturante (meio) e finalística. Os MPs apresentaram softwares e soluções, difundiram boas práticas que podem ser adotadas em outras unidades do Ministério Público brasileiro, a partir do intercâmbio de projetos bem-sucedidos.

Thoth e Promotoria Modelo

Um dos sistemas apresentados foi o Thoth, que emite relatórios estatísticos para medir eficiência e produtividade. A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio do Departamento de Desenvolvimento e Gestão de Processos, mapeou, padronizou e implementou 64 processos de trabalho de secretaria de uma promotoria de Justiça, que servem de banco de dados fornecedor de informações ao Thoth para emissão desses relatórios gerenciais.

Os relatórios podem ser emitidos por secretaria de cada órgão ministerial, por servidor que executa os processos de trabalho e por processo de trabalho padronizado. Com as informações geradas pelo sistema, a gestão do MPPB pode fundamentar decisões administrativas, relacionadas à gestão de pessoas, financeiro e infraestrutura.

Sonda e processos

Uma das atribuições do Ministério Público é acompanhar a tramitação dos processos no judiciário, no entanto existe uma grande dificuldade de monitoramento da situação dos processos uma vez que eles saem do MP e passam a ser tramitados apenas nos sistemas do TJ. Por isso, foi criado o Sonda, também apresentado na mostra. O sistema tem por objetivo o monitoramento diário da situação de todos os processos judiciais que já tramitaram no MPPB e que foram devolvidos ao Tribunal de Justiça.

O sistema apresenta gráficos e relatórios com os procedimentos com mais de 300/120/90/30 dias sem movimentação no TJ, com possibilidade de filtros por assunto, classe, cargo do último promotor/procurador que atuou no processo, órgão julgador, sistema do TJ em que processo se encontra registrado, se o MP é parte ou não no processo etc. De acordo com a Ditec, também estão disponíveis no Thoth. Cada membro do MPPB terá acesso às informações referentes aos processos em que atuou. Uma rotina diária é executada para sincronizar as informações.