Conselho Superior realiza sétima sessão ordinária

O Conselho Superior do Ministério Público da Paraíba realizou, nesta segunda-feira (04/04), a sétima sessão ordinária por videoconferência, durante a qual recebeu o relatório estatístico e analítico da Ouvidoria do MPPB referente ao mês de março e discutiu matérias de interesse institucional. 

A sessão foi presidida pelo procurador-geral de Justiça, Antônio Hortêncio Rocha Neto e teve a participação dos conselheiros Álvaro Gadelha Campos (corregedor-geral), Joaci Juvino da Costa Silva, Kátia Rejane Medeiros Lira Lucena, Francisco Sagres Macedo Vieira e José Roseno Neto, e do promotor Rodrigo Marques da Nóbrega, secretário-geral do MPPB e do CSMP. A sessão contou ainda com a presença do presidente da Associação Paraibana do MP, Leonardo Quintans.

Na sessão, o Conselho Superior aprovou o pedido de prorrogação da cessão do promotor de Justiça Alberto Vinicius Cartaxo da Cunha ao Ministério Público Federal, pelo prazo de dois anos, para atuar como membro colaborador do gabinete do procurador-geral da República junto à Assessoria Jurídica Criminal (AJCRIM/SRJ), sem prejuízo de suas funções no MPPB. O procedimento teve como relatora a conselheira Kátia Rejane Lucena.

O procurador-geral propôs voto de congratulações pelo aniversário do corregedor-geral, Alvaro Gadelha Campos. Também foram propostos, pelo procurador José Roseno votos de pronto restabelecimento ao procurador Valberto Lira e ao pai do promotor Alexandre Cesar Fernandes Teixeira. O procurador Francisco Sagres propôs voto de pesar pelo falecimento da mãe da promotora de Justiça Maricely Fernandes Vieira. Todos os votos foram aprovados por unanimidade.