Promotoria de Sousa fará audiência pública sobre abuso sexual de crianças e adolescentes

Evento é destinado ao público em geral, à sociedade civil organizada e aos profissionais da rede de proteção de 12 municípios

A Promotoria de Justiça de Sousa vai promover, na próxima terça-feira (24/01), uma audiência pública sobre o tema “Abuso sexual de crianças e adolescentes: impactos no desenvolvimento, identificação de sinais e manejo psicoterapêutico”. O evento acontecerá no auditório da sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do município do Alto Sertão, a partir das 9h.

Aberta ao público, a audiência também é destinada a pessoas que atuam em setores da sociedade civil organizada e aos profissionais da rede de proteção de crianças e adolescentes, como os conselhos tutelares e centros de referência em assistência social (Cras e Creas) dos municípios de Sousa, Marizópolis, Nazarezinho, Aparecida, Santa Cruz, Lastro, São Francisco, Uiraúna, Poço Dantas, Joca Claudino, Vieirópolis e São José da Lagoa Tapada.

A audiência integra o Procedimento Administrativo 046.2023.000155, instaurado pela 2ª promotora de Justiça em substituição de Sousa, Fernanda Pettersen de Lucena (que atua na defesa da criança e do adolescente nos 12 municípios), em razão dos recorrentes casos aportados ao Ministério Público, de estupro de vulnerável em face de crianças e adolescentes, além de outras formas de violação à dignidade sexual de meninos e meninas.

Conforme explicou a representante do Ministério Público da Paraíba, além da realização da audiência pública, o procedimento visa à adoção de outras providências que, porventura, se revelem necessárias ao enfrentamento do problema. “O abuso sexual compromete o desenvolvimento de crianças e adolescentes e ocasiona traumas que poderão se perpetuar por toda a vida. Esse procedimento também tem por objetivo analisar a viabilidade de elaboração de plano de ação e de projeto estratégico institucional, mediante diálogo aberto a qualquer cidadão, representantes dos setores público, privado, da sociedade civil organizada e da comunidade com o MPPB”, acrescentou.

Palestrantes

A audiência pública contará com a participação dos psicólogos e professores do curso de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MPG), Maíra Glória de Freitas Cardoso e Moisés de Andrade Júnior, para tratar do tema abuso sexual. 

Maíra é especialista em Neuropsicologia pela Faculdade de Ciências Médicas, mestre em Saúde da Criança do Adolescente pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e doutora em Neurociência pela UFMG. Moisés, por sua vez, é especialista em dependência química pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), mestre em Psicologia Clínica pela UFMG e professor da pós-graduação em Saúde Mental: políticas, clínica e práxis da PUC/MG.