Quatro promotores são promovidos ao cargo de procurador de Justiça do MPPB

Os promotores de Justiça Victor Manoel Magalhães Granadeiro Rio, João Geraldo Carneiro Barbosa, Maria das Graças de Azevedo Santos e Francisco Paula Ferreira Lavor foram promovidos, nesta segunda-feira (07/03), ao cargo de procurador de Justiça do Ministério Público da Paraíba (MPPB). As promoções foram homologadas pelo Conselho Superior (CSMP), durante a quarta sessão ordinária, realizada durante toda a segunda.

A sessão foi presidida pelo procurador-geral de Justiça, Antônio Hortêncio Rocha Neto. Participaram da segunda parte da sessão, que teve a escolha dos novos procuradores, os conselheiros Álvaro Gadelha Campos (corregedor-geral), Valberto Cosme de Lira, Joaci Juvino da Costa Silva, Kátia Rejane Medeiros Lira Lucena e Francisco Sagres Macedo Vieira, além do promotor Rodrigo Marques da Nóbrega, secretário-geral do MPPB e secretário do CSMP.

O promotor Victor Granadeiro foi promovido pelo critério de antiguidade ao cargo de 14º procurador de Justiça, que tem atuação nos feitos que tramitam na 3ª Câmara Cível e na 2ª Seção Especializada Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba e nos recursos em matéria de consumidor, cidadania e direitos fundamentais.

O promotor de Justiça João Geraldo Barbosa foi promovido pelo critério de merecimento ao cargo de 17º procurador de Justiça, com atribuição na 4ª Câmara Cível e na 2ª Seção Especializada Cível do TJPB e nos recursos em matéria de consumidor, cidadania e direitos fundamentais. A lista tríplice para este cargo foi composta pelos promotores João Geraldo Barbosa, Francisco de Paula Lavor e José Guilherme Lemos. 

Já a promotora Maria das Graças Azevedo foi promovida pelo critério de antiguidade ao cargo de 15º procurador de Justiça, com atribuições nos feitos que tramitam na 3ª Câmara Cível e na 2ª Seção Especializada Cível do TJPB e nos recursos em matéria de criança e adolescente, educação e saúde.

Por fim, o promotor de Justiça Francisco Lavor foi promovido pelo critério de merecimento ao cargo de 19º procurador de Justiça, com atuação nos feitos que tramitam na 4ª Câmara Cível e na 2ª Seção Especializada Cível do TJ, e nos recursos em matéria de criança e adolescente, educação e saúde. Para este cargo, a lista tríplice foi formada pelos promotores Francisco Paula Lavor, José Guilherme Lemos e João Arlindo Corrêa Neto. 

A sessão contou com a presença de promotores que estavam concorrendo, entre os quais três dos que foram promovidos.

Na primeira parte da sessão, realizada pela manhã, houve a homologação da remoção de oito promotores de Justiça. 

 

Matéria relacionada

Conselho Superior do MP homologa remoção de oito promotores de Justiça