Enfrentamento ao crime organizado requer atuação estratégica e interdisciplinar, diz membro do MPPB

“O Ministério Público só vai vencer os desafios no combate às organizações criminosas, se perceber que precisa sair do contexto de ‘gabinete’ e buscar a heterogeneidade dos múltiplos conhecimentos”. Essa foi uma das ideias defendidas pelo coordenador do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), o promotor de Justiça, Octávio Paulo Neto, no webinário promovido na tarde desta terça-feira (1º/06), pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) sobre o tema “Investigação criminal e formação da prova nos crimes praticados no âmbito das organizações criminosas".

O webinário destinado a membros do MP brasileiro, operadores do Direito e interessados no assunto foi mediado pelo conselheiro nacional e coordenador da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), Luciano Freire, que destacou a complexidade do problema, uma vez que, dados policiais apontam a existência de 70 facções criminosas atuando no País.

Além do promotor de Justiça do MPPB, o evento organizado pela Enasp também trouxe como palestrante o juiz de Direito do Estado do Ceará, André Gurgel.

Estratégia e assertividade

Em sua palestra, Octávio Paulo Neto, que também é coordenador do Núcleo de Gestão do Conhecimento e Segurança Institucional (NGCSI/MPPB), falou sobre a complexidade das investigações no mundo informacional e do impacto dos avanços tecnológicos na sociedade. “Vivemos na era da informação, onde não há fronteiras e em que uma organização criminosa pode atuar em vários lugares e países. Uma das coisas mais críticas é que estamos sendo instados a agir na urgência e a decidir na incerteza”, problematizou.

Além de abordar teorias e conceitos da Ciência de Dados, o representante do MPPB enfatizou a importância da estratégia, do pensamento efetual (capacidade criativa e inovadora de implementar soluções a um problema), de se agir em rede e de se buscar a interdisciplinaridade nas investigações contra a criminalidade organizada. “É preciso adotar estratégias para que tenhamos uma tomada de decisão mais assertiva e resolutiva. Precisamos iniciar as investigações com a cabeça vazia para evitar vieses, inclusive o probatório. Às vezes, o confronto às organizações criminosas requer a persecução patrimonial. Precisamos entender meios diferentes de abordar o problema, que instrumentos legítimos e estratégias vamos adotar. O uso da Ciência de Dados, com a tecnologia e a cultura resulta em mais assertividade nas decisões”, defendeu.

Aparelhos celulares

O juiz André Gurgel, por sua vez, fez uma exposição a partir de situações concretas vivenciadas na Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Fortaleza, sobretudo em 2019, quando ocorreram os ataques a prédios públicos ordenados por facções criminosas em represália às medidas mais duras adotadas pelo então recém empossado secretário de Segurança do Estado do Ceará contra o crime organizado.

O principal assunto abordado foi a prova de crimes obtida a partir da apreensão e verificação de aparelhos celulares de acusados. Foram explicitadas as situações em que essa prova pode ou não ser considerada lícita, ajudando nas investigações e no enfrentamento das organizações criminosas.

O magistrado falou sobre a Lei da Interceptação Telefônica (Lei 9.296/96) e sobre a ‘Teoria da Descoberta Inevitável’, esta última para explicar que a prova obtida a partir do acesso de conteúdo de um aparelho celular apreendido pela autoridade policial sem prévia autorização judicial pode ser válida, desde que haja outras provas que foram conseguidas anteriormente à apreensão do aparelho que levariam ao mesmo resultado. Segundo ele, esse entendimento tem sido aceito pelos tribunais superiores e pela Doutrina.

Hackfest

 

SAGRES Online

 

Infoseg

 

Simba

 

Últimas notícias - NGCSI/Gaeco

Algoritmo: OGP identifica, loca...

08 Agosto 2022
Algoritmo: OGP identifica, localiza e prende servidores públicos acusados de crimes

O Observatório da Gestão Pública (OGP) alcançou mais um resultado dentro da força-tarefa “Algoritmo”...

Hackathon Pandora: maratona foc...

21 Julho 2022
Hackathon Pandora: maratona foca em soluções nas áreas criminal, social e patrimonial

Termina nesta sexta-feira (22/07) o prazo para as inscrições do “Hackathon Pandora”, uma maratona qu...

Inscrições para maratona ‘Hacka...

01 Julho 2022
Inscrições para maratona ‘Hackathon Pandora' começam na segunda-feira

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai realizar, no mês de agosto, um evento voltado ao público ...

Observatório da Gestão Pública ...

06 Junho 2022
Observatório da Gestão Pública usa algoritmo para prender foragidos da Justiça

O Observatório da Gestão Pública está utilizando a tecnologia para detectar, localizar e prender for...

Operação Aracati cumpre mandado...

25 Maio 2022
Operação Aracati cumpre mandados judiciais contra facção criminosa em cidades da PB, SP e CE

As forças de Segurança Pública da Paraíba (Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Milit...

Operação 5764: investigação apu...

06 Abril 2022
Operação 5764: investigação apura irregularidades na aquisição de alimentos

O Observatório da Gestão Pública (OGP) desencadeou, na manhã desta quarta-feira (6/4), a Operação 57...

Integrantes do Cade conhecem fe...

05 Abril 2022
Integrantes do Cade conhecem ferramentas de investigação do NGCSI

Integrantes do Conselho Administrativo de Direito Econômico (Cade) realizaram, nesta terça-feira (05...

Feira de Mangaio: força-tarefa ...

23 Fevereiro 2022
Feira de Mangaio: força-tarefa investiga irregularidades em contratações

Uma força-tarefa composta por órgãos de controle e fiscalização desencadeou, na manhã desta quarta-f...

Passando a limpo : MPPB e PC r...

20 Janeiro 2022
"Passando a limpo": MPPB e PC realizam operação no Brejo paraibano

O Ministério Público da Paraíba, por meio da Promotoria de Justiça de Bananeiras e do Grupo de Atuaç...

Operação Fianza cumpre mandados...

14 Dezembro 2021
Operação Fianza cumpre mandados judiciais contra delegado e advogados, no Sertão

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da 3ª Superintendência Regional e da 15ª Delegacia Seccional se...

Dia de combate à corrupção: Gae...

09 Dezembro 2021
Dia de combate à corrupção: Gaeco e Sindfisco apresentam portal de controle social em evento do Focco-PB

Promotor de Justiça destaca o poder da informação para o exercício da cidadania e o incremento da co...

Integrantes do CNMP e MPDFT con...

17 Novembro 2021
Integrantes do CNMP e MPDFT conhecem projetos e ferramentas do NGCSI e do Inova do MPPB

  Integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e do Ministério Público do Distrito...

Persecução patrimonial é tema d...

06 Outubro 2021
Persecução patrimonial é tema de artigo de membro do Gaeco/MPPB em obra coletiva

O livro “Técnicas avançadas de investigação” – Perspectivas prática e jurisprudencial foi lançado es...

MPPB oferece 10ª denúncia da Op...

02 Setembro 2021
MPPB oferece 10ª denúncia da Operação Xeque-Mate

Prefeito de Cabedelo e mais duas ex-vereadoras são incluídas como integrantes da Organização Crimino...

Sai primeira sentença da Xeque-...

27 Agosto 2021
Sai primeira sentença da Xeque-Mate; MPPB fez nove denúncias contra investigados

Nove dos 26 réus citados em denúncia do MInistério Público são condenados por formação de organizaçã...

Operação Quadrilátero cumpre 96...

16 Julho 2021
Operação Quadrilátero cumpre 96 mandados de prisão de foragidos da Justiça, na PB

Noventa e seis mandados de prisão de foragidos da Justiça que solicitaram o auxílio emergencial do G...

Gaeco Tech: NGCSI lança platafo...

24 Junho 2021
Gaeco Tech: NGCSI lança plataforma que reúne informações e ferramentas de investigação

  O Núcleo de Gestão do Conhecimento e Segurança Institucional do Ministério Público da Paraíba (NG...

Gaeco é a instituição pública d...

18 Junho 2021
Gaeco é a instituição pública da Paraíba com mais credibilidade, aponta pesquisa

Opinião pública também aponta o ‘Ministério Público’ como órgão mais confiável, na percepção da popu...

Enfrentamento ao crime organiza...

01 Junho 2021
Enfrentamento ao crime organizado requer atuação estratégica e interdisciplinar, diz membro do MPPB

“O Ministério Público só vai vencer os desafios no combate às organizações criminosas, se perceber q...

MPF recorre de decisão que reme...

29 Maio 2021
MPF recorre de decisão que remeteu para Justiça Eleitoral ação contra o ex-governador da Paraíba

 Para subprocuradora Cláudia Sampaio, denúncia envolve crimes de corrupção, fraude a licitações e pe...

«
»